Viva Campo de Ourique

No rescaldo da “Intifada Francesa”, Miguel Sousa Tavares escreve hoje no Público uma crónica excelente sobre como o encontro de gerações, culturas, religiões e estilos de vida pode ser uma realidade, exemplificando-o com o caso de Campo de Ourique. Talvez por ser o “meu bairro” este artigo me diga muito, mas a realidade do que se “cheira” …